Explorar a imensidão do universo, viajar até partes nunca antes conhecidas pelo homem e viver de perto a emoção de descobrir, quem sabe, novas formas de vida é algo bastante empolgante. Mas você sabia que existe um lugar tão surpreendente e inexplorado quanto o espaço bem mais perto de nós? Pois é, e no verão você se banha muito nele!

Apesar de cobrirem dois terços de nosso planeta, os oceanos são menos conhecidos do que a superfície da Lua, segundo afirmam especialistas. Certos pontos dessa imensidão azul são tão frios, isolados e profundos que é quase impossível abrigarem alguma forma de vida, pelo menos que a gente tenha conhecimento. Até hoje, os mistérios que habitam o fundo do mar instigam a nossa curiosidade. A prova mais recente disso é o longa “Ameaça Profunda“, que chega aos cinemas nesta quinta-feira (09) e convida o espectador para um mergulho no desconhecido.

Imagem: divulgação

Com roteiro assinado por Adam Cozad e Brian Duffield, o longa é protagonizado pela atriz Kristen Stewart, que dá vida a engenheira mecânica Norah. Certo dia, enquanto escovava os dentes, ela é surpreendida com a explosão catastrófica da instalação submarina onde trabalha, causada por uma série de tremores marítimos. Não demora muito para que a estrutura comece a ser inundada e entre em colapso, obrigando-a tomar decisões bem difíceis.

Ao lado de um grupo de cinco membros da tripulação que conseguiram sobreviver ao incidente, ela deve atravessar o leito oceânico até uma distante plataforma de petróleo abandonada se quiser continuar viva. Além dos desafios físicos envolvidos na viagem, eles rapidamente descobrem que não estão sozinhos embaixo d’água, e que os tremores que causaram essa tragédia não foram causados por simples movimentos de placas tectônicas.

Imagem: divulgação

Dirigido por William Eubank, “Ameaça Profunda” consegue fisgar a atenção da plateia logo nos primeiros minutos, mantendo seu olhar fixo na telona durante pouco mais de uma hora e meia de projeção. Com uma trama que mescla mistério, drama e até terror, o filme apresenta um ótimo trabalho de design de produção, muito competente na hora de transportar o espectador para dentro de sua atmosfera claustrofóbica e cheia de perigos! A atuação focada de Kristen é outro destaque positivo do filme.

Porém, ao dar mais importância ao desenvolvimento da história em si do que a outros elementos que formam a narrativa cinematográfica, o longa entrega personagens mal-construídos e um texto raso que não condiz com a proposta do filme. O roteiro também possui alguns furos e sofre com problemas de ritmo, causados pela divisão engessada de suas sequências. Ainda assim, “Ameaça Profunda” cumpre sua missão principal de entreter, deixando inclusive uma ponta para continuação.

NOTA: 7,5


Direção: William Eubank;
Duração: 1h35;
Gênero: drama, mistério;
Classificação Indicativa: 12 anos;
Sinopse: Seis membros de uma tripulação estão presos em uma instalação submarina que está sendo inundada em alta velocidade como resultado de um terremoto devastador. Sua única chance de sobreviver é atravessar o leito oceânico até uma distante plataforma de petróleo abandonada. Além dos desafios físicos envolvidos na viagem, eles rapidamente descobrem que estão sendo caçados por predadores marinhos míticos e monstruosos, dispostos a matá-los.

Trailer:

COMPARTILHE

Deixe uma resposta