James Marshall “Jimi” Hendrix é considerado até hoje um dos maiores nomes da história da música. Seu legado como cantor, compositor e guitarrista ainda serve de inspiração para as novas gerações de músicos, além de continuar encantando os ouvidos de seus eternos fãs. Por isso, nada mais justo do que homenageá-lo num show especial, certo?

No dia 20 de março, à partir das 20h, o Teatro Bradesco (localizado dentro do Bourbon Shopping São Paulo) será palco do espetáculo “Hendrix in Concert“, apresentado pela Nova Orquestra ao lado do guitarrista, arranjador e compositor Victor Biglione. Esta é uma ótima oportunidade para apreciar grandes sucessos do ícone do rock em versões orquestradas, inéditas e surpreendentes, executadas por 15 músicos sob a regência do maestro Eder Paolozzi.

Os ingressos para o show já estão à venda na bilheteria do teatro e pela internet (clique aqui para garantir o seu). Abaixo você confere os preços de cada setor:

  • Plateia Gold: R$220 (inteira) e R$110 (meia);
  • Plateia F a N: R$ 180 (inteira) e R$ 90 (meia);
  • Plateia O a W: R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia);
  • Camarotes: R$ 160 (inteira) e R$ 80 (meia);
  • Balcão Nobre: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia);
  • Frisa 1: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia);
  • Frisa 2: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia);
  • Frisa 3: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

O espetáculo marca a volta da Nova Orquestra a São Paulo, onde apresentou para mais de 5 mil pessoas o show “Led Zeppelin in Concert“. O projeto se tornou referência do encontro entre o erudito e o contemporâneo em 2019 e se destacou ao desmistificar a música de concerto e ao levar ao público encontros inusitados entre o clássico e a cultura pop.

Victor Biglione tem mais de 30 CDs lançados, incluindo 2 prêmios Grammy internacionais com Manhattan Transfer, em 1988, e Milton Nascimento, no ano 2000. Também foi finalista do Grammy Latino com seu trabalho “Mercosul“. Se apresentou nos principais festivais e casas de espetáculo do mundo e tocou com mais de 300 nomes da MPB e da música internacional. Tem 8 prêmios de trilhas para cinema, incluindo dois Kikitos de Ouro, e integrou o Som Imaginário e A cor do som, grupos fundamentais do rock brasileiro.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta