A Rede Globo anunciou na tarde desta quinta-feira (17) que o apresentador Tiago Leifert irá assumir o comando do Domingão a partir do próximo domingo, dia 20 de junho, substituindo Fausto Silva; que deixa a emissora após 32 anos ininterruptos na frente da atração semanal. A novidade, porém, pegou muitos de surpresa.

No último domingo, dia 13 de junho, Leifert havia apresentado o programa a pedido do próprio Faustão, uma vez que o comunicador estava impossibilitado de gravar por conta de uma infecção urinária, que ocasionou no afastamento momentâneo. Nas redes sociais, o público e a mídia especializada teceu elogios ao paulistano, que soube com maestria apresentar um programa tão grande e consagrado na programação da TV brasileira.

Ontem (16), após receber alta do hospital, a esposa de Fausto chegou a compartilhar uma foto do marido ao lado do filho, juntamente com um pequeno texto para tranquilizar os fãs: “Obrigada por todas as mensagens. Fausto já está ótimo e pronto pro próximo Domingão na sua televisão“. Entretanto, com a notícia divulgada hoje, a Globo parece se utilizar do afastamento do apresentador e da boa recepção de Leifert para tomar as rédeas da saída de Faustão da emissora, anunciada oficialmente em janeiro desse ano.

De acordo com a nota oficial, a permanência de Tiago aos domingos se dará até a estreia do novo programa dominical de Luciano Huck, prevista para 2022. “Por razões estratégicas e internas, a Globo tomou a decisão de antecipar a saída de Fausto Silva do programa, e juntos decidiram formalizar o distrato“, explica um trecho. Contudo, o texto não menciona se haverá uma despedida de Faustão, que por tanto tempo foi o rosto das tardes de domingo na televisão.

Mas e você, acha que a Globo acertou em encerrar tão rápido o contrato com o veterano, ou acredita que ele merecia ficar no ar até o fim do ano como planejado? Deixe sua opinião nos comentários!

COMPARTILHE

Deixe uma resposta