Esqueça aquele filme da franquia lançado em 2016. Sei que isso pode parecer desrespeitoso ou puro hate, mas não é! A questão é que “Ghostbusters: Mais Além” ignora totalmente os eventos do longa dirigido por Paul Feig, sendo uma sequência direta do clássico de 1989. Divertido e nostálgico, o filme, que chega aos cinemas nesta quinta-feira, dia 18 de novembro, promete agradar novos e velhos fãs deste universo fantasmagórico!

Trinta anos após a última aparição registrada de fantasmas, a trama escrita por Gil Kenan ao lado do diretor Jason Reitman começa quando Callie (Carrie Coon), uma mãe solteira e endividada, precisa sair do apartamento em que vive e ir morar numa antiga fazenda deixada por seu falecido pai. Sem outras opções disponíveis, ela viaja acompanhada de seus dois filhos: Trevor (Finn Wolfhard), um adolescente como qualquer outro em fase de descobrimentos e romance; e Phoebe (Mckenna Grace), uma pré-adolescente bastante esperta mas com dificuldade em fazer novas amizades.

Foto: divulgação – Sony Pictures

Ao chegarem na pacata Summerville, cada membro da família começa a explorar a cidade sozinho. Enquanto tenta se estabilizar financeiramente, Callie descobre que seu pai tinha uma fama um tanto quanto desagradável entre os moradores, e precisa aprender a lidar com o julgamento alheio. Longe dos antigos amigos, Trevor tenta se aproximar dos adolescentes da região e rapidamente se apaixona por Lucky (Celeste O’Connor), uma jovem garçonete do restaurante local. Já Phoebe decide tentar fazer algum amigo e acaba se aproximando de Podcast (Logan Kim), um simpático colega de classe.

Contudo, a cidadezinha que parecia calma e desconectada do resto do mundo logo se mostra misteriosa… Estranhos tremores são sentidos diariamente e sem nenhuma explicação lógica, e eventos sobrenaturais são observados em diferentes locais. Curiosa e destemida, Phoebe passa a investigar tais acontecimentos, e com a ajuda de Podcast e do senhor Grooberson (Paul Rudd), seu professor, ela descobre detalhes sobre o passado de sua família, e o que realmente aconteceu com Summerville.

Foto: divulgação – Sony Pictures

Com um roteiro bem escrito e um ótimo ritmo, “Ghostbusters – Mais Além” honra o legado da franquia enquanto abre caminho para novas aventuras fantasmagóricas! Em tempos tão caóticos e difíceis, o filme consegue nos transportar para longe de nossos problemas ao oferecer um entretenimento de qualidade no tão agradável escurinho do cinema. Há momentos de riso, suspense, ação e emoção, tudo muito bem equilibrado ao longo de pouco mais de duas horas de projeção.

Bastante carismáticos, os personagens são bem construídos e desenvolvidos. A química do elenco é de outro mundo, enquanto Mckenna Grace é o coração do filme. Não há cena em que ela não dê conta do recado, seja interagindo com seres humanos ou disparando contra fantasmas! Inteligente e dona de um humor único, ela é de longe a melhor adição à franquia. Mesmo com um vilão fraco, “Ghostbusters – Mais Além” é divertido do começo ao fim, sendo uma ótima opção para quem estava com saudades de ver um bom filme na telona. Um filme para toda a família!

NOTA: 8,0


Direção: Jason Reitman;
Duração: 2h04;
Gênero: fantasia, comédia;
Classificação Indicativa: 14 anos;
Sinopse: Ghostbusters: Mais Além, quando uma mãe solteira e seus filhos se mudam para uma pequena cidade, eles começam a descobrir sua conexão com os caça fantasmas originais e o legado secreto que seu avô deixou para trás. O filme foi escrito por Jason Reitman & Gil Kenan.

Trailer:

COMPARTILHE

Deixe um comentário