Em março de 2020, quando a OMS declarou que havíamos entrado oficialmente em estado de Pandemia por conta do novo Coronavírus, nossas atenções se voltaram instantaneamente para os profissionais da saúde. No meio de tantas incertezas e perigos, eles estavam na linha de frente do combate ao vírus, fazendo o possível para salvar o maior número de vidas. Mais tarde, naquele mesmo ano, Michael Bay assumiu a direção de “Ambulância: Um Dia de Crime“, filme que apresenta uma socorrista entre seus personagens principais. Coincidência ou não, o longa já está em cartaz nos cinemas, funcionando como uma homenagem à área da saúde.

Em desenvolvimento desde 2015, o projeto não poderia ter encontrado melhor momento para estrear. Baseado na história original e no roteiro do thriller dinamarquês “Ambulancen“, de 2005, o filme acompanha diferentes personagens que veem seus caminhos se cruzarem numa sequência insana de eventos! Desesperado por dinheiro para pagar as contas médicas de sua esposa, que possui um câncer raro, o veterano de guerra Will Sharp (Yahya Abdul-Mateen II) recorre a Danny (Jake Gyllenhaal), seu irmão adotivo e criminoso, em busca de ajuda financeira. Ele, por sua vez, diz que pode emprestar mais que o valor necessário, desde que Will o ajude a realizar o maior assalto a banco na história de Los Angeles, no valor de US$ 32 milhões.

Imagem: divulgação

VEJA TAMBÉM:

Jake Gyllenhaal irá produzir e protagonizar adaptação da HQ “Oblivion Song”

Mesmo a contragosto, Will aceita o trato e, ao lado de uma pequena equipe, parte para o crime. Enquanto isso, a socorrista Cam Thompson (Eiza González) começa mais um dia de trabalho, na companhia de um motorista novato. Porém, quando a fuga dos bandidos dá errado, os irmãos sequestram a ambulância de Cam na tentativa de escapar da polícia. O que eles não sabiam é que, um dos policiais feridos no tiroteio do banco, estivesse dentro daquela ambulância! Em uma perseguição policial a toda velocidade e que nunca para, Will e Danny precisam escapar, manter seus reféns vivos e, de alguma forma, tentar não se matarem.

Tenso do começo ao fim, “Ambulância: Um Dia de Crime” é, sem sombra de dúvidas, o melhor trabalho de Michael Bay nos últimos anos! Mais pé no chão do que a maioria de seus filmes, o diretor captura a atenção do espectador em poucos minutos com uma trama ágil que explora outros elementos da ação, indo além das suas tradicionais explosões. Há perseguições em alta velocidade, conflitos armados, combates físicos e mais, tudo muito bem coreografado e dirigido! Mesmo com duas horas e 16 minutos de duração, é impossível desgrudar os olhos da telona. Os cortes rápidos e a montagem dinâmica mantém o ritmo frenético do desenrolar de acontecimentos. Contudo, isso não significa que a história se atropela, pelo contrário! O desenvolvimento é cuidadoso com todos os elementos da narrativa.

Imagem: divulgação

Um dos grandes acertos da produção são os personagens. Desde o início, Bay se preocupa em trazer profundidade a cada um que faz parte do trio principal, seja com o auxílio de flashbacks ou descrições de personalidades inseridas em diálogos corriqueiros. Cam, interpretada por Eiza González, é uma mulher latina forte, de pulso firme e corajosa, que não se intimida quando Will e Danny a fazem de refém. Os irmãos, por sua vez, são bem diferentes um do outro, mas possuem uma conexão, um cuidado, um carinho entre si que salta da tela. Yahya Abdul-Mateen II compreende a complexidade dos dramas e dilemas enfrentados por seu personagem e apresenta uma performance à altura. Jake Gyllenhaal também não fica atrás e entrega tudo de si numa atuação nervosa, à flor da pele, que ajuda a manter o clima de urgência no filme. Ah, a química entre a dupla é ótima!

Mais do que apenas pano de fundo, Los Angeles é quase uma personagem do filme. Sua arquitetura é explorada ao máximo pelas câmeras, principalmente as conectadas em drones, que proporcionam takes aéreos de tirar o fôlego! Aliada a sua assinatura visual e uma trilha sonora que pulsa no ritmo da ação, Michael Bay proporciona uma experiência cinematográfica completa com “Ambulância: Um Dia de Crime“, que merece ser vista na maior tela possível, com o som no último volume. Ainda que estejamos no terceiro mês do ano, já dá pra dizer que este é um dos melhores filmes de ação de 2022!

Nota: 8,0


Direção: Michael Bay
Duração: 2h16;
Gênero: ação, thriller;
Classificação Indicativa: 16 anos;
Sinopse: Dois irmãos em fuga da polícia roubam uma ambulância, sem saber que havia uma paramédica e um paciente em condição crítica dentro dela.

Trailer:

COMPARTILHE

Deixe um comentário