Filmes inspirados em jogos de sucesso não são novidade para ninguém; contudo, filmes inspirados em jogos de sucesso que agradem os fãs de games, isso sim é algo raro de encontrar! De “Resident Evil: O Hóspede Maldito” (2002), passando por “Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo” (2010), “Need for Speed – O Filme” (2014), “Assassin’s Creed” (2016), até o recente “Uncharted: Fora do Mapa” (2022), os gamers já passaram por muito estresse ao verem seus títulos favoritos serem adaptados para as telonas de forma errônea ou simplesmente distante das expectativas. Porém, “Sonic 2 – O Filme” busca reparar essa dívida histórica com os gamers ao abraçar a essência de seu material original!

Partindo exatamente da mesma cena que encerra o primeiro longa, descobrimos logo nos primeiros minutos de projeção que o vilão Doutor Robotnik (Jim Carrey) está preso no Planeta Cogumelo há exatos 243 dias. Graças ao seu intelecto avançado e um único espinho energizado do ouriço azul, ele conseguiu se adaptar bem ao local (na medida do possível, é claro), criando inclusive algumas máquinas bem tecnológicas. É com uma delas que ele consegue abrir um portal para sair do planeta, mas antes que pudesse dizer adeus totalmente, seres misteriosos atravessam a abertura em busca de nosso querido herói, Sonic! De frente com a oportunidade de se vingar e voltar pra Terra, Robotnik une forças com esse alienígena, que atende pelo nome de Knuckles!

Imagem: divulgação

VEJA TAMBÉM:

“Sonic 3” e série do Knuckles são anunciados pela Paramount

Enquanto isso, em nosso querido planeta água, Sonic está fazendo o que sempre quis: lutando contra o crime sob o nome de Justiça Azul! Porém, seus atos “heroicos” trazem mais destruição do que ajuda àqueles que precisam, irritando os cidadãos e autoridades locais. Para Tom Wachowski (James Marsden), o ouriço deve amadurecer um pouco mais antes de tentar salvar o mundo, pois heróis precisam ser responsáveis. A chance para se provar digno de confiança chega quando Tom e Maddie Wachowski (Tika Sumpter) viajam juntos para o Havaí, pra acompanhar o casamento de Rachel (Natasha Rothwell), irmã de Maddie. Enquanto curte um tempo sem supervisão de adultos, Sonic é surpreendido pela visita de Robotnik e Knuckles, que invadem sua casa.

Decido a vingar seus antepassados por conta de um conflito que teve início em gerações passadas, Knuckles acredita que Sonic é a chave para descobrir a localização da Esmeralda Verde, uma joia misteriosa com o poder de controlar o universo. Com a ajuda do engenhoso Tails, o ouriço embarca numa jornada repleta de perigos e desafios para encontrar a pedra primeiro e provar que é um verdadeiro herói! Expandindo o universo do personagem nos cinemas, “Sonic 2 – O Filme” é uma divertida e simpática aventura que consagra a franquia como uma das melhores adaptações de games da atualidade.

Imagem: divulgação

Dirigido por Jeff Fowler, que comandou o primeiro filme, esta sequência procura fidelizar novos públicos, que não cresceram na companhia dos jogos, ao apresentar um tom mais infantilizado que seu antecessor, frisado por piadas bobinhas e uma trilha sonora bem pop. Porém, o longa não abre mão das audiências mais velhas, ao inserir várias referências de cultura pop em seu texto e espalhar easter-eggs dos games em cada cena. No geral, este é definitivamente um filme para toda a família! Escrito por Pat Casey, Josh Miller e John Whittington, o roteiro perde alguns bons minutos com cenas que não contribuem em nada para a trama principal, mas que divertem com seu humor leve. Temos também mais tempo de tela para personagens secundários, como por exemplo Rachel, que se destaca num dos momentos mais épicos do filme graças à maravilhosa performance de Natasha Rothwell!

Quem também se sobressai é Jim Carrey. O ator está mais extravagante e caricato do que nunca, entregue de corpo e alma ao carismático vilão! Seu retorno nesta continuação foi, sem sombra de dúvidas, mais do que bem-vindo. Quanto à parte técnica, o CGI perde qualidade em alguns momentos de ação, mas o visual dos personagens animados continua impecável. A dublagem também está muito boa, com uma ótima seleção de vozes. Ainda que pudesse ser um pouquinho mais curto, “Sonic 2 – O Filme” é garantia de diversão do começo ao fim, sendo um verdadeiro presente para os fãs do ouriço azul e de games em geral! Com um terceiro filme já confirmado, e uma série spin-off também, só nos resta esperar pela próxima fase da franquia.

NOTA: 8,0


Direção: Jeff Fowler;
Duração: 2h02;
Gênero: aventura, comédia;
Classificação Indicativa: livre;
Sinopse: Após ficar em Green Hills, Sonic quer provar que tem o necessário para ser um herói de verdade. Seu teste virá com o retorno do Dr. Robotnik, dessa vez com um novo parceiro, Knuckles, à procura de uma esmeralda com o poder de destruir civilizações. Sonic se junta ao seu próprio coadjuvante, Tails, e juntos embarcarão em uma jornada pelo mundo para encontrar a esmeralda, antes que ela caia em mãos erradas.

Trailer:

COMPARTILHE

Deixe um comentário