Os entusiastas de cultura pop e de eventos ficaram animados ao saberem que mais um festival geek estaria para acontecer em 2022. A anunciada UcconX‘ prometeu ser um dos maiores do ramo e com atrações que fizeram os fãs salivarem para comparecerem ao mesmo. A concorrência é ótimo para todos do mercado de entretenimento e o público que sai ganhando, entretanto será que a ‘UcconX‘ entregou o esperado?

Estivemos presentes na sexta-feira (29) e domingo (31) que será nossa base para esse texto sobre o evento em si, não iremos nos aprofundar sobre as polêmicas que ocorreram externamente, memes gerados na internet que o fizeram ser ridicularizado e colocando entre os assuntos mais falados do Twitter durante a semana.

Ao entrar na ‘UcconX‘ de cara já notei o grande problema do evento, que foi terem alugado todo o pavilhão no Anhembi em São Paulo. Em suma, haviam muitos lugares completamente vazios para poucos estantes presentes, já com outros “concorrentes” que realizaram suas convenções no mesmo local ou em outros centro de exposições, a imersão se encaixa com a proposta e dimensão de espaço nas suas características.

O principal atrativo dos pavilhões dos eventos geeks/gamers brasileiros se tornaram experiências com: atividades, apresentações com convidados, interatividade com o público, lojas para comprar seu item de desejo e ganhar os famosos “brindes” que todos amam. Nas fotos de divulgações, foram mostrados visuais icônicos dos ambientes que acabaram não sendo entregues da mesma maneira.

No entanto a ‘Ucconx‘ pecou nesses quesitos, já que os estandes também eram pequenos, com poucas atividades para serem realizadas. Os “Escape Room” de curta duração e aulas de magia se tornaram as principais formas de divertimento das pessoas. Além disso, as lojas foram amenas que afastava o consumidor de seus produtos. Já o palco principal de apresentações não ficava cheio, somente em algumas ocasiões especiais como nos convidados internacionais e shows.

Vale destacar que o número de pessoas que compareceram foi aumentando gradativamente ao longo dos dias. E conversando com fontes em [OFF] o primeiro dia (27) também houveram falhas da organização que ainda estavam montando os estandes nas primeiras horas de festival, assim muitas fotos foram tiradas de contexto para aumentar as polêmicas nas redes.

Imagem: Lucas Venancio

Voltando para o último ponto negativo que foi o “Artists’ Alley” (O Beco dos Artistas) uma das partes fundamentais dos eventos nerds, onde artistas independentes ou famosos podem levar seus quadrinhos, artes e distribuírem autógrafos aos fãs. Entretanto, no evento foram colocadas 32 mesas para ser ocupadas e menos de 1/4 delas foram realmente utilizadas por artistas.

Todavia, os pontos positivos foram a presença de diversos campeonatos como: ‘Street Bots‘ (Luta de Robôs) com equipes profissionais fomentada pelo influenciador Rato Borrachudo e ‘Skate‘ aonde havia uma pista presente para as competições. Já no centro de E-sports (Esporte eletrônico) estava com uma estrutura grandiosa e bonita, sendo o grande destaque da feira. Que contou com os torneios dos games: Fortnite, CS:GO e Call of Duty: Warzone. Além de diversos setups e dispositivos para o público jogar.

Os cosplayers estavam felizes, com boa estrutura em seu camarim e direito ao ‘cospital‘ para concertar pequenos reparos em seus trajes se precisassem. Além de locais espalhados pelo pavilhão com telões personalizados de acordo com o personagem dos embaixadores locais e internacionais como: @cumbermatch e @cassandracosplays.

Contudo, a ‘UcconX‘ chamou a atenção por causa de sua ousadia de trazer em sua primeira edição a atriz Millie Bobby Brown (Stranger Things), que foi cancelada já com o evento aberto. Além de George Takei (Star Trek) que não pode vir, mas participou remotamente. O que acabou frustrando os fãs que compraram ingressos para conseguirem fotos e autógrafos, além de gastarem com viagem para São Paulo. Assim, aumentando o nível de provocação da internet a respeito dos problemas.

Porém, as estrelas confirmadas fizeram o espaço tremer com a presença dos atores Ian Somerhalder (The Vampire Diaries), Dacre Montgomery (Stranger Things) e Rupert Grint (Harry Potter). Os ingressos para assistir um painel exclusivo, fotos e autógrafos chegavam até R$5 mil reais, sem contar com o valor do passaporte para a convenção que já era um grande investimento. Mas o palco principal teve um gostinho com os astros sem custo adicional.

A UcconX virou motivo de piada em seus dias iniciais, mas foi recuperando a credibilidade nos finais e com toda a confusão será que eles merecem uma segunda chance para aprenderem com os erros? Parece que irá ocorrer uma nova edição em 2023, segundo um próprio post da organização. Agora é esperar e torcer para o melhor a todos.

COMPARTILHE

Deixe um comentário